/ Devocionais (Salmos)

Devocional 2 (Salmo 3)

Davi confia em Deus na sua adversidade

  1. Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.
  2. Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá)
  3. Mas tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória e o que exalta a minha cabeça.
  4. Com a minha voz clamei ao Senhor; Ele ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá)
  5. Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou.
  6. Não terei medo de dez milhares de pessoas que se puseram contra mim ao meu redor.
  7. Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu, pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.
  8. A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá)

Vs 1:“Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim” neste primeiro versículo Davi eleva a Deus sua provação e dificuldades, pois durante a escrita deste salmo, Absalão seu filho, estava procurando mata-lo afim de tomar o trono, um sofrimento enorme que Davi estava passando, afinal imaginem quão grande angústia é saber que o próprio filho deseja sua morte.

Vs 2: “Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus”, não é raro aparecer durante a provação pessoas procurando nos fazer desistir de Deus e do seu refúgio e proteção, Jó 2.9, porém nunca devemos abandonar a Deus, mesmo que nossa carne deseja, pois mesmo no meio das lutas e dificuldades Ele está conosco.

Vs 3: “Mas tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória e o que exalta a minha cabeça”, mesmo em tempos de aflição Deus permanece pronto para proteger e atender às súplicas daqueles que o clamam, Ele é o escudo dos seus filhos, ou seja, Ele é a nossa proteção mais eficaz. Deus é a nossa glória, pois nas dificuldades a sua presença, comunhão e auxilio continuam sendo nosso maior bem, seu amor é a nossa maior exaltação.

Vs 4:“Com a minha voz clamei ao Senhor”, podemos ver no início deste versículo qual deve ser a posição do crente ante as dificuldades, ao invés de murmurar, blasfemar e reclamar das lutas, o cristão deve levantar sua voz a Deus, pois somente Ele é a solução para nossos problemas. “Ele ouviu-me desde o seu santo monte”, Deus nunca está de ouvidos tapados para a oração daqueles que clamam fervorosamente por seu auxílio. Mesmo que pareça que Deus não ouve suas súplicas Ele está nos observando atentamente esperando pelo momento certo para derramar as suas bênçãos, pois se Deus atendesse nossas
orações assim que a luta começasse nunca adquiriríamos experiência, maturidade cristã e confiança nEle.

Vs 5:“Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou”, veja a confiança que Davi tinha em Deus, pois mesmo correndo risco de morte ele confiava plenamente na proteção divina e dormia sem medo algum. Devemos fazer o mesmo, pois não temos o controle do dia de amanhã e, portanto não devemos sofrer antecipadamente por aquilo que não chegou, depositemos nossa vida nas mãos de Deus e as insônias desaparecerão.

Vs 6:* “Não terei medo de dez milhares de pessoas que se puseram contra mim ao meu redor”*, não devemos temer o tamanho da muralha que se põe a nossa frente, nem a quantidade de pessoas que se levantar para nos intimidar, pelo contrário devemos confiar em Deus, pois Ele é maior do que todos os nossos medos e provações.

Vs 7-8:“Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu, pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios”“A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção”, nestes dois últimos versículos podemos ver que somente em Deus devemos confiar, pois somente Ele sabe aquilo que é melhor para mim e para você e, portanto, somente Ele é capaz de nos conceder a vitória completa.

Venhamos confiar totalmente em Deus durante, não apenas, este dia, mas também o restante de nossas vidas. Que Deus lhe abençoe grandemente livrando-o de todos seus inimigos.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, fundador e editor do Euaggelion.

Ler mais