/ Devocionais (Salmos)

Devocional 7 (Salmo 23)

A felicidade de termos o Senhor como nosso pastor

  1. O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.

  2. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

  3. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.

  4. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

  5. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

  6. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor por longos dias.

Vs. 1:“O Senhor é o meu pastor” por toda a Bíblia notamos esta carinhosa metáfora na qual somos comparados à ovelhas, o interessante nisso é que as ovelhas, assim como nós servos de Deus, necessitam de alimento diário e de água, Sl 23.2, de cuidado contínuo e de atenção, pois assim como as ovelhas necessitamos continuamente de Deus, o nosso Pastor.

Vs. 2: “Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas” como já disse, as ovelhas necessitam de alimento fresco e verde, Deus como um Pastor por excelência nos garante a alimentação: a sua Santa Palavra, que a cada manhã se apresenta fresca e nova. Neste versículo podemos notar também a contínua presença protetora de Deus: “Deitar-me faz em verdes pastos”, pois somente com a presença do pastor a ovelha pode deitar-se e descansar em paz, livre de todo o tipo de perigo, isso nos remete à confiança que Davi expressa no Salmo 3.5, podemos descansar em paz, pois o nosso Pastor está alerta para nos livrar das astúcias de Satanás.

Vs. 3:“Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome” em meio às lutas, desânimos e provações podemos confiar totalmente em Jesus nosso Bom Pastor, pois somente assim nossa alma será aliviada, em 1 Pedro 5.7 aprendemos o que devemos fazer ante os momentos difíceis, podemos confiar totalmente em Jesus, pois além de nos proteger e de nos dar a vitória, Ele nos deu sua própria vida para que pudéssemos alcançar a redenção eterna.

Vs. 4:“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam” ante todas as adversidades, até mesmo defronte com a morte, Deus continua conosco, podemos ver aqui elementos relacionados à exortação e ensino “vara e cajado”, neste caso compreendo como sendo a Palavra de Deus que durante os momentos adversos continua sendo o melhor livro de autoajuda, ela nos consola, orienta complementando o trabalho do Espírito Santo nas nossas vidas dando-nos forças para prosseguir confiante.

**Vs. 5: **“Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda” Deus neste versículo é apresentado como Aquele que supre as nossas necessidades e nos exalta durante e após as lutas e provações, elevando-nos na presença daqueles que em todo momento apenas desejaram a infelicidade para as nossas vidas.

Vs. 6:“Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor por longos dias” durante todo o período de vida devemos confiar que deus zela pelo nosso bem estar físico e espiritual, nos garantido o suprimento necessário.

Além disso Ele nos permitiu estar em sua Presença por longos dias ou por muitos dias, Deus habita em cada um de nós, crentes, o que é um motivo a mais para que confiemos em sua graça e fidelidade.

Devemos, portanto, depositar nossos problemas aos pés de Cristo confiando que Ele é o Bom Pastor que zela pelo nosso bem.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, fundador e editor do Euaggelion.

Ler mais