/ Devocionais (Salmos)

Devocional 8 (Salmo 24)

O domínio universal de Deus. Quem é digno de entrar no seu santuário. Deus é o Rei da glória

  1. Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam.

  2. Porque ele a fundou sobre os mares e a firmou sobre os rios.

  3. Quem subirá ao monte do Senhor ou quem estará no seu lugar santo?

  4. Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente.

  5. Este receberá a bênção do Senhor e a justiça do Deus da sua salvação.

  6. Esta é a geração daqueles que buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó. (Selá)

  7. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.

  8. Quem é este Rei da Glória? O Senhor forte e poderoso, o Senhor poderoso na guerra.

  9. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.

  10. Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos; ele é o Rei da Glória. (Selá)

Vs. 1-2: “Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam. Porque ele a fundou sobre os mares e a firmou sobre os rios” Davi inicia este salmo propagando que toda a Terra e o Universo forma feitos por Deus, bem como todos os seres que nela habitam. Devemos reconhecer em todo momento que Deus é o Criador de todas as coisas e que tudo o que Ele criou exalta o seu nome, Salmo 148.

Vs. 3-4:“Quem subirá ao monte do Senhor ou quem estará no seu lugar santo?” o salmista Davi neste versículo indaga acerca de quem seria digno de entrar na presença de Deus, ou de quem seria digno e merecedor de habitar em sua Presença, a resposta vem logo no versículo seguinte: “Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente” podemos notar aqui moldes de conduta que todo crente deve seguir: ser puro de coração e possuir as mãos limpas, ou seja, não levantar a mão para fazer o mal a ninguém, que cumpre sua palavra mesmo que isso venha representar uma perda pessoal e que não se deleita na vaidade.

Vs. 5-6:“Este receberá a bênção do Senhor e a justiça do Deus da sua salvação. Esta é a geração daqueles que buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó” aqueles que agirem em conformidade com os pré-requisitos dos versículos anteriores terão a bênção e a mão de Deus ao seu favor em todas as áreas da sua vida. Será uma geração de pessoas comprometidas com o verdadeiro louvor a Deus, um louvor puro e sincero que vai muito além da música, é um louvor diário, uma consagração constante, uma santificação e separação do pecado.

Vs. 7-10:  “Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O Senhor forte e poderoso, o Senhor poderoso na guerra. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos; ele é o Rei da Glória” Nestes quatro últimos versículos o salmista Davi faz uma alusão às portas de Jerusalém, “Levantai, ó portas, as vossas cabeças” pode se referir ao fato de que as entradas de Jerusalém não seriam grandes o suficiente para que a Glória e Majestade de Deus passassem por elas, estes versículos podem referir também ao retorno de Jesus no qual Ele descerá sobre o Monte das Oliveiras e entrará pela porta dourada. Isso nos mostra o que nós seres humanos e nossas tecnologias são diante de Deus, nada, nada do que somos ou possuímos subsiste ante a Glória de Deus.

Venhamos, pois, buscar estar puros e imaculados diante de Deus para que sejamos dignos de estar na Presença de Deus.

Jamil Filho

Jamil Filho

Servo de Cristo Jesus, proclamador das Boas Novas, fundador e editor do Euaggelion.

Ler mais