/ Devocionais (Salmos)

Devocional 9 (Salmo 29)

Davi exorta a louvar a majestade de Deus

  1. Dai ao Senhor, ó filhos dos poderosos, dai ao Senhor glória e força.

  2. Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome; adorai o Senhor na beleza da sua santidade.

  3. A voz do Senhor ouve-se sobre as águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre as muitas águas.

  4. A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade.

  5. A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano.

  6. Ele os faz saltar como a um bezerro; ao Líbano e Siriom, como novos unicórnios.

  7. A voz do Senhor separa as labaredas do fogo.

  8. A voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de Cades.

  9. A voz do Senhor faz parir as cervas e desnuda as brenhas. E no seu templo cada um diz: Glória!

  10. O Senhor se assentou sobre o dilúvio; o Senhor se assenta como Rei perpetuamente.

  11. O Senhor dará força ao seu povo; o Senhor abençoará o seu povo com paz.

Vs. 1-2:  “Dai ao Senhor, ó filhos dos poderosos, dai ao Senhor glória e força. Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome; adorai o Senhor na beleza da sua santidade” já no início deste salmo, nos dois primeiros versículos, Davi convoca os homens à louvar a Deus, a exaltá-lo de forma verdadeira e bela.

Vs. 3:“A voz do Senhor ouve-se sobre as águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre as muitas águas” aqui, neste terceiro versículo, a Grandeza de Deus é expressa por meio da figura do trovão “o Deus da glória troveja”, uma força da natureza que é incontrolável, claro que Deus como Criador do Universo é infinitamente maior do que um trovão ou relâmpago, porém Davi se apropria deste elemento natural incontrolável pelos homens e, acredito que, naquela época sem a descoberta do para-raio, era muito temido. Em suma, neste versículo percebemos um complemento aos dois versículos anteriores, aqui é expresso o porque devemos louvar a Deus: pois Ele está sobre tudo e sobre todos.

Vs 4-5:“A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade. A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano” aqui mais uma vez o Poder e a Majestade de Deus é demonstrada; “A voz do Senhor é poderosa” pela sua voz Deus criou o céu e a Terra e tudo o que neles há, Gênesis 1 e 2, por meio do poder da sua Palavra do o que foi feito se fez, João 1.3. Podemos perceber também outra comparação do Poder de Deus com elementos naturais, que para nós humanos, são esplendorosos, o Cedro do Líbano é uma árvore magnifica, que consegue crescer em solos ácidos e em solos finos sobre pedra calcária em altitudes superiores 1000 metros, esta árvore foi amplamente utilizada na construção do Templo de Salomão, 1 Reis 5.15; 6.9-10, 15-16, 17.

Vs. 6:*“Ele os faz saltar como a um bezerro; ao Líbano e Siriom, como novos unicórnios” *Davi expressa neste versículo a alegria e a força que Deus nos garante, a expressão “Ele os faz saltar… como novos unicórnios” se refere à um boi novo (confira na Nova Tradução Linguagem de Hoje) Davi em hipótese alguma se refere aos unicórnios como seres mágicos e mitológicos, pelo contrário aqui esta expressão se refere ao animal que conhecemos hoje como bezerro, ou boi novo.

Vs. 7-8:“A voz do Senhor separa as labaredas do fogo. A voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de Cades. A voz do Senhor faz parir as cervas e desnuda as brenhas. E no seu templo cada um diz: Glória!” mais uma vez a Glória de Deus é manifesta. A voz de Deus neste versículo é apresentada como uma voz poderosa, e ela é, “A voz do Senhor faz parir as cervas e desnuda as brenhas” Deus pelo poder da sua voz desfolha as árvores e faz partir os carvalhos. Enquanto isso, seu povo glorifica seu nome com Glórias. Ante ao poder ilimitado de Deus devemos louvá-lo como verdadeiro adorador interessado não naquilo que Ele pode nos dar, mas sim na sua graça, para que nossa adoração venha ser como um cheiro suave diante da sua Presença.

Vs. 9-10:“O Senhor se assentou sobre o dilúvio; o Senhor se assenta como Rei perpetuamente. O Senhor dará força ao seu povo; o Senhor abençoará o seu povo com paz” Deus se coloca sobre sua criação e se assenta como Rei Eterno, seu Governo não terá fim e será um reinado de justiça e paz, é Ele que nos auxiliará a chegar ao final, Ele é quem nos concederá força, paz, vigor e ânimo para prosseguir nossa caminhada rumo ao céu.

Venhamos, pois confiar em Deus todos os dias da nossa vida, pois se assim o fizermos seremos bem sucedidos em todos os nossos planos.

Jamil Filho

Jamil Filho

Servo de Cristo Jesus, proclamador das Boas Novas, fundador e editor do Euaggelion.

Ler mais