/ Reflexão

Como agradar a Deus?

Não é muito difícil encontrarmos pessoas que se preocupam com aquilo que falam ou pensam dela, são capazes de conformar uma vida inteira para agradar aos outros e, se necessário for, abandonam princípios pessoais.

Mas e quanto a Deus? Como agradá-lo? Vejamos alguns passos para isso.

“Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros. Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós, Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.  Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros. Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade); Aprovando o que é agradável ao Senhor.” (Efésios 4.25-5.10)

Neste trecho lemos alguma orientações do Apóstolo Paulo no tocante à vida cristã, destes versículos vamos retirar três princípios básicos para agradar ao Senhor Deus. Claro que existem muitos outros, contudo, nos limitaremos a estes, pois são a base fundamental da vida cristã.

Neste trecho podemos ver algumas orientações do apóstolo Paulo no que se refere à

  1. Fale a verdade: Paulo orienta a termos o pensamento voltados para coisas sábias, corretas e para conversas edificantes (Efésios 4.25.29). Tal orientação serve também para nossos dias, “e como serve!”. Se todos seguíssemos tais conselhos poderíamos evitar muitas confusões e intrigas;

  2. Seja um imitador de Jesus: Assim como os efésios, nós temos como obrigação abandonar os maus costumes e o pecado (Efésios 4.25-32). Devemos dar margem para que o caráter de Jesus Cristo se forme em nós (Efésios 5.1-2), desta maneira andaremos de maneira agradável a Deus;

  3. Viva na Luz: Antes de vivermos na Luz de Cristo, ela era uma inimiga para nós, algo que nos incomodava, porém após aceitarmos ao Senhor Jesus ela se tornou um modelo de vida, devemos “andar na luz” tal como Paulo nos ensina, cujo o caminho é marcado pela graça, misericórdia e amor de Cristo (Efésios 4.32, 5.2)

Portanto deixe que a Luz e o caráter de Jesus Cristo te ensine e te atraia para mais perto dele.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

Leia mais
Como agradar a Deus?
Compartilhe:

Assine o boletim Euaggelion