/ Jesus

Jesus, o Verbo de Deus

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. João 1:1

Muito se ouve falar acerca de Jesus como sendo o Verbo de Deus, mas o que realmente seria isto? É o que vamos ver neste artigo!

Em João 1.1, o apóstolo inicia seu livro retratando Jesus como o Verbo de Deus e que o Verbo era Deus. Diante de tal apresentação podemos compreender que Deus através de Jesus falou com a humanidade, ou seja, Deus falou aos homens através do seu próprio Filho (Hb 1.1).

Ao analisarmos as Escrituras podemos ver que Jesus é a sabedoria multiforme de Deus (1 Co 1.30; Ef 3.10,11; Cl 2.2,3) e a revelação perfeita da natureza e da pessoa de Deus (Jo 1.35; 14.18; Cl 2.9).

Da mesma maneira que as palavras de um homem revelam o que há em seu coração, Jesus, como a Palavra de deus, revela aquilo que está no coração do Altíssimo.

Analisando os primeiros versículos de João 1 vemos algumas características do Verbo:

  1. O eterno relacionamento entre Jesus e Deus: a) Jesus coexistia com Deus antes da formação do mundo (Cl 1.15,19), era distinto de Deus Pai, porém estava em eterna comunhão com Ele. b) Cristo era divino apresentado como “Verbo de Deus” com mesma natureza de Deus (Cl 2.9);
  2. O relacionamento entre o Verbo e o mundo: foi através de Cristo que Deus criou tudo o que existe e é através dEle que a Criação é sustentada (Jo 1.3; Cl 1.17; Hb 1.2; 1Co 8.6);
  3. O relacionamento entre o Verbo e a humanidade: “O Verbo se fez carne” (Jo 1.4), através de Jesus Deus se tornou homem, com todas as características de um, porém sem pecado. E é através do Sacrifício de Jesus na Cruz que alcançamos a Comunhão com Deus.

Mediante o exposto concluímos que Jesus como Verbo de Deus agiu para que os planos de Salvação e Comunhão com seu Pai fosse aplicado e concretizado para nós.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, fundador e editor do Euaggelion.

Ler mais