Apologética Devocional DropsGelion Reflexão Sobre Fale Conosco
/ História da Igreja

Um pouco de História (Daniel Rowland)

  • Jamil Filho

    Jamil Filho

    Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

    Ler mais artigos deste autor.

    Jamil Filho

Daniel Rowland nasceu em 1713 em Wales, na Inglaterra. Aos 20 anos foi ordenado pastor auxiliar na igreja oficial, mas na realidade não era, de fato, convertido. J.C. Rule, na obra Líderes Cristãos do século 18, declara que Rowland frequentava a Escola Dominical, porém “após seu dever na igreja, nos domingos pela manhã, o restante do dia do Senhor gastava nos divertimentos, se não na bebedeira.”

Seu ministério era um fracasso, com pregações frias ao ponto da congregação minguar rapidamente. Em desespero foi ouvir o evangelista Griffith Jones, que percebeu seus conceitos mundanos. De forma inusitada Jones parou, apontou para Daniel e orou a Deus pedindo que o convertesse e o usasse para alcançar os perdidos. Deus respondeu!

No mesmo ano, 1738, sua vida espiritual foi completamente transformada à ponto do biógrafo William P. Farley dizer: “O que Jonathan Edwards foi para o avivamento para a Nova Inglaterra, Daniel foi em Wales.”

Nos quatro anos seguintes, suas mensagens apresentavam uma visão legalista do Evangelho. Com a chegada do avivamento inglês, em 1742, ele recebeu a revelação do amor de Deus. A partir deste momento seus ensinos ganharam mais equilíbrio e um poder sobrenatural passou a acompanhá-lo durante seu ministério.

Sua fidelidade a Deus durante os 52 anos ministeriais (1738-1790) resultou na formação de, pelo menos, 100 novos ministros. Milhares se converteram ou foram levados à maturidade espiritual sob o impacto dos seus estudos e sermões. “O povo era capaz de andar dois ou três dias em meio a baixas temperaturas do inverno pelas difíceis montanhas de Welsh para ouvi-lo falar da Glória de Deus… e voltavam cantando salmos e hinos sem qualquer sinal de fatiga”, escreveu Ryle.

Mesmo sob sinais sobrenaturais, Rowland foi diversas vezes perseguido, e até expulso da igreja , pois sua popularidade gerava temor à liderança estatal.

Podemos aprender consideravelmente com a vida deste homem de Deus. Primeiro, a necessidade de se comprometer-se com a ortodoxia bíblica e com o poder de Deus, suas prioridade sempre foi a Palavra, depois o poder.

A segunda importante lição é que o sofrimento terreno pode ser proporcional ao grau de manifestação do poder de Deus em nossas vidas.

Em terceiro lugar, a vida de Rowland demonstra a supremacia do dom espiritual. Ali estava um homem que não tinha título maior do que o de pastor-auxiliar, no entanto foi um dos mais efetivos líderes espirituais. Sua vida nos demonstra isso!

Quarto, ele ensina a importância da dedicação ao ensino e à pregação. Nada poderia se colocar entre ele e o púlpito, continuamente lia e enriquecia-se com a literatura puritana do século 17, que possuía o foco na fidelidade doutrinária e no sobrenatural.

E, por fim, aprendemos que a humildade e a entrega pessoal são precedentes para o poder espiritual. “Ele tinha um profundo e permanente senso de sua pecaminosidade, fraqueza, corrupção e constante necessidade da graça de Deus” escreveu Ryle.

“Trinta anos depois, uma testemunha ocular de um dos seus ensinos lembrava-se de cada palavra como se tivesse acabado de ouvi-las e emendou: certamente foi um dos maiores pregadores que a Europa conheceu” (George Whitefield)

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

Leia mais
Um pouco de História (Daniel Rowland)
Compartilhe