/ Defesa da Fé

Cristãos podem ouvir músicas seculares?

A Paz amados irmãos! Hoje decidi abordar um tema um pouco polêmico: “Um cristão pode ouvir músicas seculares?”. Será que esta postura é agradável e correta perante a face de Deus? É o que veremos. Boa leitura.

Não é de hoje que a música exerce uma influência ou presença no nosso dia a dia, se abrirmos nossas Bíblias em Gênesis 4.21 já observamos a existência de instrumentos musicais, no entanto nos versículos que se seguem percebemos que a música naquele tempo já era depravada.

A música em seu propósito original foi criada para louvor e adoração a Deus, encontramos inúmeras passagens em que servos do Senhor entoaram louvor em forma de canções, o livro de Salmos é um exemplo disso.

No entanto, após a queda do homem, Satanás tem deturpado tudo aquilo que Deus formou, inclusive e, creio eu, de maneira mais intensa a música!

Mas por que a música? Duvido que, no mundo, exista uma pessoa que não goste, pelo menos, de uma canção! A música trata-se de uma linguagem universal e, dependendo de como é utilizada, pode transmitir com uma enorme eficiência princípios morais, éticos e religiosos que, muitas vezes, contradizem a Palavra de Deus.

E aqui encontra o "x" da questão:* “Como uma pessoa que diz servir a Deus pode estar de comum acordo com as mensagens transmitidas por uma música secular?”*

O Apóstolo Paulo nos diz em Filipenses 4.8: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” (Filipenses 4:8).

Questionemos:

  1. A música secular é Verdadeira? Note que o “Verdadeiro” aqui destacado se refere às Verdades Bíblicas, ou seja, a música secular está de acordo com o apresentado pela Palavra de Deus?

  2. A música secular é Honesta? Não é preciso dizer, mas não trata-se apenas da música e sim de todo o contexto social, existem exceções, no entanto a grande maioria das canções e dos padrões morais seculares exaltam e apoiam a desonestidade expressa nas Sagradas Escrituras;

  3. A música secular é Justa? Não confunda esta justiça, expressa por Paulo, com a justiça proclamada pelo mundo! A justiça expressa na Bíblia trata-se do cumprimento da Palavra de Deus, portanto perguntemos: “A música secular está de acordo com a Palavra de Deus e com o cumprimento daquilo que nela está escrito?”

  4. A música secular é Pura? Se “todo o mundo está no maligno” (1 João 5.19) então não é preciso dizer que todo conteúdo por ele produzido também se encontra nesta condição. Vamos deixar claro que o sistema político, econômico e social está sob controle de Satanás, vemos isso expresso em Mateus 4.8-9, e, por consequência, a humanidade, que está afastada de Deus, também está sob seu controle, portanto tudo aquilo que por ela é produzido e que, de alguma maneira se opõe às Escrituras, trata-se de um conteúdo impuro perante Deus.

  5. A música secular é amável e de boa fama? Você pode dizer: “Mas isso é subjetivo, pois o que alguns gostam outros odeiam”, claro que se nos pautarmos no conceito humano de “amável” estaremos entrando num campo de muitas definições e opiniões, portanto vamos nos firmar naquilo que a Bíblia nos diz sobre o amor em 1 Coríntios 13 (que já falamos aqui no Blog Euaggelion), note que este “amor” trata-se do amor ágape. A música secular se enquadra nas características expressar por Paulo em 1 Coríntios 13? Se não então é porque ela não é amável e, por consequência, não é de boa fama.

  6. Há alguma virtude na música secular? Segundo o Dicionário Michaelis Online: “Virtude: 1.) Hábito de praticar o bem, o que é justo; excelência moral; probidade, retidão. 2.) Boa qualidade moral. 3.) O conjunto de todas as boas qualidades morais.” Será que é isso que vemos, ou melhor, ouvimos?

  7. Por último e mais importante: Há algum louvor na música secular? Existe alguma adoração a Deus na música mundana? Se me disser que sim ou você está fora de si ou não sabe diferenciar a imoralidade, a depravação, a blasfêmia e a indecência presentes nas músicas do Verdadeiro louvor a Deus. Além disso cabe lembrar que a música é apenas uma das formas de louvor a Deus!

Com base nestas sete questões podemos perceber que, por mais que pareça “bonitinha”, a música secular não se enquadra no padrão de música que nós cristãos devemos ouvir, pois como afirmamos que somos servos de Deus se alimentamos a nossa mente com aquilo que não provém de Deus?

Não adianta inventar desculpas, a música secular sempre irá transmitir valores que não são aceitos por Deus e se você a ouve então há algo errado, pois que comunhão há a luz com as trevas?

Existe uma infinidade de músicas cristãs que, além de serem belíssimas musicalmente falando, lhe edificarão espiritualmente, pois falam daquilo que está nas Sagradas Escrituras, cabe lembrar que, infelizmente, não são todas as músicas presentes no nosso meio que são espiritualmente edificadoras, pois se não louva a Deus, fala apenas de coisas materiais e o sujeito central é você, então não recomendo que a ouça!

Que Deus lhe abençoe!

Leia uma pouco mais acerca da música cristã em: Estrelas Gospel, anátemas da Igreja Pós-moderna

Jamil Filho

Jamil Filho

Servo de Cristo Jesus, proclamador das Boas Novas, fundador e editor do Euaggelion.

Ler mais