Apologética Devocional DropsGelion Reflexão Sobre Fale Conosco
/ Reflexão

Aquele que me negar

  • Jamil Filho

    Jamil Filho

    Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

    Ler mais artigos deste autor.

    Jamil Filho

Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus. Mateus 10:32-33

Uma passagem muito conhecida entre os cristãos e que nos alerta acerca de nossa postura mediante o Evangelho e Cristo. Há alguns meses atrás escrevi um artigo que tratava desta questão e, hoje, farei o mesmo!

Note que Cristo não nos detalha de que forma podemos negá-lo, Ele apenas diz: “qualquer que me negar diante dos homens”.

Tanto nossa confissão de fé quanto nossa negação dela não se dá apenas através de palavras, mas também através de ações e de um padrão de vida que não corresponde com os Princípios de Cristo.

O apóstolo Paulo nos diz em Romanos 12:1:

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.

Como cristãos e, consequentemente, seguidores de Cristo devemos em todo momento submeter nossa vida em sacrifício. Devemos caminhar de maneira irrepreensível e aprovados por Deus (2 Timóteo 2:15). Neste aspecto observamos que nossa vida deve resplandecer a Cristo de tal forma que o mundo o veja em nós!

Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens. Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. 2 Coríntios 3:2-3

Embora nosso testemunho oral seja de grande importância de nada ele adiantará se, em nossa vida e ações, Cristo não é anunciado, louvado e lido pelo mundo. A grande maioria dos que estão no mundo não leem as Sagradas Escrituras e, muitas vezes, é através da nossa vida que os princípios de Cristo são colocados frente à frente com o seus padrões iníquos.

O principal problema da Igreja Pós-moderna é exatamente este. Quantos supostos cristãos, ou melhor, quantos evangélicos não aparecem nos meios de comunicação pregando e transparecendo um modelo de vida extremamente mundano?

Quantos ao nosso redor não colocam Deus em primeiro lugar na lista de espera? Infelizmente não veremos um avivamento no Brasil e em nenhum outro país deste mundo, pelo contrário, a cada dia que vivermos nesta Terra presenciaremos, cada vez mais, a apostasia entre o povo de Deus.

Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios, pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência. 1 Timóteo 4:1-2

Não há como brotar um avivamento verdadeiro sem a Palavra de Deus, não existe avivamento e manifestação da Glória de Deus sem que haja salvação de almas, sem que vidas sejam transformadas e renovadas pelo poder do Espírito Santo. Tudo que foge deste princípio e que centraliza os bens meramente terrenos como prova genuína de um suposto manifestar de um “espírito santo”, na realidade, não passa de um show apresentado por espíritos enganadores.

Tragicamente aqueles que deveriam fazer a diferença no mundo já não o fazem mais, pois “isso pode custar minha popularidade” ou “não me aceitarão e caçoarão da minha fé”.

O que é ser rejeitado hoje? O que é ser caçoado? Os discípulos de Cristo morreram por amor ao Evangelho e eu e você estamos preocupados em sermos aceitos!?

Jesus deixa bem claro:

Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. E quem não toma a sua cruz e não segue após mim não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á. Mateus 10:37-39

Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras. Mateus 16:24-27

E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições, e, no século futuro, a vida eterna. Marcos 10:29-30

Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho. Marcos 13:9

Spurgeon disse, em uma de suas frases mais impactantes:

Aquele que merece o sorriso do ímpio deve esperar a desaprovação de Deus

Se nossa vida está sendo guiada de acordo com os “padrões politicamente corretos” deste mundo ah, meu amigo, iremos ter de dar conta de nossa rejeição a Cristo diante de Deus.

E não será um julgamento para salvação, mas sim para condenação, pois Jesus diz claramente:

Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diant de meu Pai, que está nos céus.

Ele mesmo, que morreu para abrir o caminho até Deus, dirá naquele dia que não conhece àquele que, durante toda a sua vida foi na igreja, dizia ser evangélico, no entanto estava, bilhões de quilômetros, afastado da vontade de Deus. O sangue do Cordeiro não terá mais validade neste dia, o período da Graça já terá se esgotado e todos aqueles que rejeitaram a Verdadeira Palavra de Deus provarão da Ira do Senhor.

E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;

E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;

E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.

Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;

Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;

Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.

Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?

E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?

E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?

E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.

Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;

Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.

Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?

Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.

E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.
Mateus 25:31-46

Obedecer a Cristo vai além do que simplesmente ir à igreja e afirmar ser cristão. Servir a Cristo é assumir em nossos ombros a responsabilidade de em todo momento estar disposto à auxiliar e amparar aos que necessitam, em anunciar as Boas Novas e aceitar o ódio, desprezo, rejeição e oposição do mundo.

Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Romanos 10:9-10

Note que o princípio da vida cristã está, em primeiro lugar, aceitar o Sacrifício de Cristo no Calvário, o Único Caminho que leva a Deus e, posteriormente, crer de coração naquilo que está nas Escrituras e, com a nossa boca, confessar nossa dependência em Cristo.

Percebam que o apóstolo Paulo diz “Visto que com o coração se crê para a justiça”, ou seja, se realmente nós nos entregamos a Deus, a justiça ou a Palavra deve ser nosso alvo! Com o coração se crê para a justiça, se crê para que a partir deste ponto nosso modelo de vida seja transferido do mundo e de sua imoralidade para Cristo e seus padrões imutáveis!

Ou seja, não precisamos de instituições e ou pessoas que afirmam fazer parte de uma igreja nacionalista, mas sim de uma igreja centrada na Palavra. O Brasil nunca foi e nunca será um “país do Senhor Jesus”, desde quando uma nação ímpia, com um povo que lisonjeia apenas com os lábios será, aqui na Terra, o representante do Deus Todo Poderoso!?

O principal problema dos evangélicos hoje é que, para a grande maioria, já não faz mais nenhum sentido servir a um Deus que requer uma vida separada e dedicada a Ele, afinal a vida é boa e o mundo pode me conceder muitos bens, riquezas e reconhecimento, não é mesmo!?

Não estou defendendo uma vida miserável e de extrema pobreza, no entanto se o caminho para o sucesso e para as conquistas materiais estiver na contramão daquilo que as Sagradas Escrituras determina, então há um grande problema nisto!

O Apóstolo Paulo nos diz em 1 Timóteo 6:8:

Tendo, porém, sustento e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.

Um cristão centrado na Palavra de Deus e em sua vontade não vai investir tempo e esforço apenas em buscar conquistar mais e mais bens meramente materiais, aos quais a traça e a ferrugem consomem e os ladrões roubam.

E é neste ponto que muitos “cristãos” caem, no amor ao dinheiro, na busca em conseguir cada vez mais e mais se esquecendo de que a vida vai além daqui. Sabemos que devemos, com o suor do trabalho, lutar pelo sustento, no entanto de que adianta eu possuir uma vida próspera materialmente sendo que, para Deus, não passo de um ser morto e destinado ao inferno?

Muitos negam a Cristo em troca daquilo que este mundo pode oferecer. Não há cristianismo nisto! Esquecemos que, como cristãos, devemos anunciar a Palavra, demonstrar nossa fé em auxílio àqueles que necessitam de nosso amparo, tanto espiritual quanto material. O Reino de Deus não se limita ao “mundinho da prosperidade”, mas sim à vastidão do campo de batalha em busca das almas perdidas.

Quando vamos parar de trocar Cristo por reconhecimento mundano? Parar de trocar Cristo pelos ossos do falso evangelho enquanto possuímos em nossa frente o banquete da Salvação?

Será que estamos proclamando, assumindo Cristo em nossas vidas? Será que estamos realmente prontos para nos apresentar ante ao Trono do Senhor Todo Poderoso? Ou será que estamos negando-O e trocando-O por padrões morais mundanos e por aquilo que este mundo pode oferecer?

A vida não é um jogo! Tenha isso em mente, pois uma atitude errada hoje poderá comprometer a minha e a sua eternidade. Será que você tem noção do peso desta palavra: “Eternidade”?

Medite nisto e que Deus vos abençoe.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

Leia mais
Aquele que me negar
Compartilhe