Apologética Devocional DropsGelion Reflexão Sobre Fale Conosco
/ Devocional

Devocional #44 (Salmo 119:48)

  • Jamil Filho

    Jamil Filho

    Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

    Ler mais artigos deste autor.

    Jamil Filho

“Também levantarei as minhas mãos para os teus mandamentos, que amo, e meditarei nos teus estatutos.” (Salmos 119:48)

Em que ou por qual causa você e eu temos levantado nossas mãos? Em que temos empenhado forças, capacidade e tempo?

Note que o salmista segue uma linha de raciocínio, a partir do versículo 40 ele vem anunciando seus sentimentos pela Palavra:

  • v. 40: deseja os preceitos do Senhor;
  • v. 41: clama pela misericórdia da Palavra;
  • v.42: afirma que confia na Palavra de Deus;
  • v. 43: clama para que a Palavra do Senhor permaneça em sua boca;
  • v. 44-45: anuncia que andará em liberdade pelos caminhos de Deus, pois observou os mandamentos eternos;
  • v. 46: afirma que não sentirá vergonha da Palavra diante dos poderosos da terra;
  • v. 47: a sua alegria e amor está na Lei do Senhor.

Note que não há como empenhar verdadeira dedicação à Palavra de Deus se não a amarmos, desejarmos, clamar pelos seus escritos e anunciarmos aos demais.

O salmista nos afirma isso: “mandamentos, que amo, e meditarei”. Note que nosso empenho e zelo pela Palavra do Senhor deve ser, primeiramente, precedido por amor e meditação no que nela está escrito.

Não há como vivermos, verdadeiramente, diante de Deus se menosprezamos o que Ele diz em sua Sagrada Escritura.

Que neste dia venhamos amar e colocar a Lei do Senhor em primeiro lugar das nossas vidas. Que o Senhor Deus lhes abençoe.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

Leia mais
Devocional #44 (Salmo 119:48)
Compartilhe