/ Devocional

Devocional #69 (Salmo 119.75)

“Bem sei eu, ó Senhor, que os teus juízos são justos e que em tua fidelidade me afligiste.” (Salmo 119.75)

Talvez este seja um versículo do qual muitos cristãos preferem não ler, afinal o salmista, em outras palavras, declara (NTLH):

“Ó Senhor Deus, eu sei que os teus julgamentos são justos e que me castigas porque és fiel.”

A prova da fidelidade de Deus à sua Palavra não está nEle nos conceder tudo o que queremos e desejamos, mas sim em cumprir seus juízos sobre nossos erros.

E o salmista reconhecia isso, ele sabia que havia errado e que, em determinado momento, sofreu pelo seus erros:

“Antes de me castigares, eu andava errado, mas agora obedeço à tua palavra.” (v. 67)

E ainda declara que, por causa do sofrimento, ele aprendeu melhor a Vontade de Deus e a sua Palavra:

“Foi bom que eu tivesse sido castigado, pois assim aprendi os teus mandamentos.” (v. 71)

O sofrimento não significa, necessariamente, que Deus está sendo injusto infiel ou desonesto, mas sim que podemos estar colhendo os frutos dos nossos erros e falhas, pode representar uma correção de Deus em algum ponto de nossas vidas que Ele quer que mudemos.

Se conseguirmos compreender isto, que através dos sofrimentos crescemos espiritualmente, então teremos a mesma capacidade do salmista em declarar:

“Bem sei eu, ó Senhor, que os teus juízos são justos e que em tua fidelidade me afligiste.”

Deus irá cumprir sua Palavra e, o fato de irmos à igreja, não o impede de nos corrigir pelos nossos erros.

Que neste dia  mão do Senhor esteja convosco vos guiando e abençoando, fique na Paz de Jesus Cristo.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

Leia mais
Devocional #69 (Salmo 119.75)
Compartilhe:

Assine o boletim Euaggelion