/ Jesus

Jesus, se deu em preço de redenção por todos

“Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.” (1 Timóteo 2:1-6)

Após introduzir sua carta a Timóteo, defendendo o seu ministério (1 Timóteo 1:1, 12), orientando-o a se firmar na Palavra de Deus e na fé em Cristo Jesus (1 Timóteo 1:18-19). O Apóstolo Paulo inicia o segundo capítulo orientando a orar e clamar por todos os homens:

“Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens;” (1 Timóteo 2:1)

E, em seguida declara que há um só Deus e um Único Mediador entre Ele e os homens:

“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” (1 Timóteo 2:5)

O Apóstolo Paulo determina a condicionante de salvação, Jesus Cristo. Não há outro meio de nos salvar a não ser em Cristo. Jamais seremos justificados pelas nossas obras visto que, enquanto permanecermos firmados em nós e não em Jesus, estaremos debaixo da maldição do pecado e longe da Glória de Deus (Romanos 3:23).

Mesmo que, a partir de hoje, cumpramos toda a Lei, todos os mandamentos de Deus, jamais seremos justificados. Nossos pecados passados, ou seja, antes de nos amoldarmos à Lei, ainda existirão e nos condenarão perante o Senhor.

Sabendo disto o Apóstolo Paulo declara:

“O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.” (1 Timóteo 2:6)

Ele declara que Jesus morreu a fim de pagar o preço de redenção da raça humana.

Jesus morreu para salvar a todos?

Sim e Não! Leiamos o versículo, considerado por muitos, como o cerne do Evangelho. João 3:16.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Note que o amor de Deus foi por todo o mundo, sem exceção ou distinção. “Porque Deus amou o mundo”. A ponto de enviar a Jesus Cristo para morrer por “todo aquele que nele crê”. O Sacrifício de Cristo foi movido pelo amor de Deus pela sua Criação, de todas as eras.

Então o Apóstolo Paulo se equivocou? Não, pois embora ele declare que Deus deseje que todos cheguem ao conhecimento da Verdade e, por consequência, à Salvação (v. 4). Somente aqueles que reconhecem ao Senhor Jesus como Único e suficiente Salvador alcançarão a redenção eterna.

Note que Cristo morreu para que toda a humanidade fosse capaz de se achegar a Deus, no entanto, conforme Ele mesmo declara, são poucos que entram pelo Caminho Estreito. Todos podem se achegar ao conhecimento da Verdade, por intermédio de Cristo.

“O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.” (1 Timóteo 2:6)

“Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas;” (Atos 10:34)

Em outra passagem, o Apóstolo declara que todos estão debaixo da maldição, enquanto permanecer no pecado, e todos, que se arrependerem e reconhecerem a Cristo, estarão debaixo a bênção.

“Tribulação e angústia sobre toda a alma do homem que faz o mal; primeiramente do judeu e também do grego; Glória, porém, e honra e paz a qualquer que pratica o bem; primeiramente ao judeu e também ao grego; Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.” (Romanos 2:9-11)

Cristo morreu para que, todo aquele que nEle crer, tenha a vida Eterna. Que Deus vos abençoe.

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, fundador e editor do Euaggelion.

Ler mais