Apologética Devocional DropsGelion Reflexão Sobre Fale Conosco
/ DropsGelion

Por que a Igreja ama [tanto] o pecado? - DropsGelion #02

  • Jamil Filho

    Jamil Filho

    Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

    Ler mais artigos deste autor.

    Jamil Filho
“Mas tenho contra ti que toleras Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria” Apocalipse 2:20

Que somos homens falhos e pecadores não há dúvidas e, na realidade, a questão central não é esta. Como servos de Cristo estamos constantemente nos transformando, nos renovando, reconhecendo nosso estado de dependência do Senhor e rogando a Ele o auxílio para vencer nosso velho homem dia após dia.

Sabemos também que em nosso meio há aqueles que estão se libertando gradualmente da sua antiga vida, aqueles que estão sendo moldados à imagem de Cristo.

O que estamos questionando é a atitude passiva da Igreja frente ao pecado, há uma longa diferença entre condenar o pecado e atacar pessoas. Posso citar grandes nomes do cristianismo, homens como John Wesley, A. W. Tozer, David Wilkerson, Keith Green, Leonard Ravenhill e inúmeros outros cujas vozes ecoavam na mesma tônica: santidade.

Encontro, ao menos, dois problemas imediatos na omissão da Igreja como baluarte da verdade: 1) se não entendo o que o pecado é, não compreendo o quão deplorável ele é diante de Deus e 2) se não compreendo a gravidade do pecado, por consequência, não compreendo a Pessoa de Deus.

E não é isto que vemos na igreja contemporânea de nosso País? Uma completa falta de compreensão de quem é Deus e daquilo que Ele nos exige.

Uma igreja pode possuir um milhão de frequentadores assíduos em seus cultos e, ainda assim, ter todos eles no lago de fogo se a realidade da santificação for menosprezada. O que define o compromisso de uma Igreja não é o número de frequentadores assíduos e pontuais nos cultos de domingo, mas a responsabilidade de seus líderes no combate ao pecado.

Se a Igreja não compreende quem é Deus e o que o pecado representa para Ele então o que podemos esperar?

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

Leia mais
Por que a Igreja ama [tanto] o pecado? - DropsGelion #02
Compartilhe