/ DropsGelion

Você oraria pelo Lula e pela Dilma? - DropsGelion #04

Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade 1 Timóteo 2:1,2

Uma breve contextualização:

Igreja e Estado, um cenário para extensos e laboriosos debates. Há quem defenda com unhas e dentes o envolvimento dos cristãos na política e há quem levante a bandeira da insolubilidade de ambos e que estes estão em âmbitos completamente distintos.

Embora defenda que a Bíblia não nos dê base alguma para nos envolvermos com a política, este artigo não se articulará entorno de uma apologia ao meu posicionamento.

Além disso, também não vou abordar o cenário político brasileiro, todos sabemos o estrago que não apenas estes destacados no artigo (Dilma e Lula), mas todos os corruptos, causaram à Nação.

Contundo é interessante observar que os “cristãos” que afirmam, não apenas viver em prol da bandeira do Evangelho, mas também argumentam que o cenário político deve ser um alvo a ser conquistado não se enquadram nos requisitos e orientações estabelecidas pela Bíblia Sagrada.

Pois, ao invés de obedecerem aos ensinos do Apóstolo Paulo, eles encabeçam uma massa não instruída em prol de uma luta que, na realidade, não deveria jamais ser o seu foco.

Embora não concorde com a cosmovisão calvinista devo destacar, sem excitação, uma frase de João Calvino:

“Quando Deus quer punir uma nação, Ele lhes dá lideres corruptos e iníquos”

Que a nação brasileira é digna de punição não nos resta dúvidas, afinal a política reflete aquilo que o povo é. Quem nunca ouviu falar do “jeitinho brasileiro”, ou nunca furou fila, ou roubou centavos de troco?

Pelos reis, e por todos os que estão em eminência:

O Apóstolo Paulo, ao escrever a Timóteo, destaca que todos os homens devem ser alvos de nossas súplicas a Deus, em especial os governantes, pois estes podem interferir na liberdade que temos em no que se refere às ações institucionais.

Note que me referi à “ações institucionais”, pois a Igreja de Cristo não depende de governos, situações ou eventos sociais, políticos ou econômicos. A Igreja de Cristo é transcendental, ela não depende de fatores externos, o próprio Deus é quem a mantém.

A Igreja Instituição, por sua vez, é que depende do governo, da economia ou de outros fatores externos. Se o presidente decretar hoje que nenhuma igreja poderá realizar seus cultos ou abrir as portas de seus templos, será a instituição que desaparecerá, a Igreja de Cristo continuará viva, escondida, perseguida, mas viva!

Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade

O papel da Igreja de Cristo é orar! Apenas isso! O Apóstolo Paulo, instruído em todas as letras, filosofias e culturas do primeiro século, recebeu o conhecimento aos pés de Gamaliel (maior fariseu de sua época), era cidadão romano por direito e um judeu fariseu rígido, quem mais poderia oferecer uma base sólida para defender o envolvimento dos cristãos com a política a não ser o próprio Paulo?

No entanto, ele apenas declara “façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência”.

Você oraria pelo Lula e pela Dilma?

Há algum tempo, em uma reunião entre irmãos, ouvi a seguinte frase (ou algo parecido):

Já pensou se o Lula se convertesse? Eu chegaria no céu e falaria: Nossa Lula, você acabou com o Brasil.

No momento não parei para raciocinar, mas depois, pensando com mais calma, me assustei com a gravidade deste pensamento.

Primeiro, porque uma vez regenerado as coisas velhas se tornaram passadas (2 Coríntios 5:17) e o próprio Deus declara que os nossos pecados são lançados no profundo mar e deles Ele não se lembra mais (se o próprio Deus não se lembra, quanto mais nós!):

Quem é Deus semelhante a ti, que perdoa a iniquidade, e que passa por cima da rebelião do restante da sua herança? Ele não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na sua benignidade. Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniquidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar Miquéias 7:18,19

Segundo, porque ninguém entrará nos céus por seu próprio mérito e, portanto, todos que ali estarão não mereceram a salvação mais do que o Lula, a Dilma ou outro governante merecem.

E, por fim, a ideia de determinar quem deve receber ou não misericórdia divina (uma postura muito comum dentro do neocristianismo) está, e muito, longe do padrão bíblico. Uma vez que a salvação é pela graça e não pelas obras!

Não canso de ver cristãos reclamado do estrago feito por ambos (e por muitos outros), no entanto, quantos destes se empenharam em oração pelas autoridades? Não, jamais! O impeachment era mais importante, a manifestação é mais relevante ou ainda a politicagem nas redes sociais é o que importa!

Estão mais preocupados em combater partidos, em combater pessoas e filosofias do que lutar pelas almas!

Creio que, se todos os cristãos tivessem obedecido aos preceitos bíblicos, muito do que estamos vendo no âmbito político, em especial no tratamento da política e a Igreja, não existiria.

Seguindo o preceito bíblico, e a postura de um cristão autêntico, você oraria pelo Lula e pela Dilma? Você obedeceria as orientações do Apóstolo Paulo dadas a Timóteo?

Se sua resposta foi não, então creio que esteja na hora de você rever o seu conceito de cristianismo!

Não se esqueça que Deus pune corruptos com líderes corruptos e é Ele quem coloca e quem tira:

Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação Romanos 13:1,2

Ou seja, todos (sem exceção, ou se preferir, sem distinção) os políticos são instituídos por Deus e quem resiste aos governos resiste à própria ordenação de Deus!

P.S.: Não enxergue este artigo como uma defesa da Dilma ou do Lula, ou ainda do PT e de seus aliados, na realidade não defendo nenhum político, partido ou representação política. Este presente artigo possuí como objetivo, único, questionar a postura dos “cristãos” que estão encabeçando as lutas políticas, mas na realidade não desejam obedecer as orientações estabelecidas pela Bíblia Sagrada.

Originalmente publicado em https://medium.com/@jamilfilho/você-oraria-pelo-lula-e-pela-dilma-4d68ff518f68

Jamil Filho

Jamil Filho

Cristão por livre escolha, salvo pela graça, servo de Cristo Jesus, eterno estudante de teologia, criador e editor do Euaggelion.

Leia mais
Você oraria pelo Lula e pela Dilma? - DropsGelion #04
Compartilhe:

Assine o boletim Euaggelion