Bom testemunho

“E chegou a Derbe e Listra. E eis que estava ali um certo discípulo por nome Timóteo, filho de uma judia que era crente, mas de pai grego; do qual davam bom testemunho os irmãos que estavam em Listra e em Icônio” (Atos 16:1-2)

A grande maioria conhece a história dos primeiros anos da Igreja. Lucas se empenha em registrar o esforço dos apóstolos na propagação do Evangelho.

Lemos acerca de uma Igreja dinâmica, uma Igreja ativa e que impactava a sociedade.

O mais interessante, no entanto, era que esta Igreja era compostas por homens, mulheres e jovens, assim como a Igreja de hoje.

Mas qual a diferença? No versículo que lemos encontramos o primeiro registro de um personagem importante nos primeiros anos da Igreja, o jovem Timóteo.

O próprio versículo se encarrega de nos mostrar qual era o diferencial de Timóteo. “Do qual [Timóteo] davam bom testemunho os irmãos”.

Os irmãos de Icônio testemunhavam de Timóteo declarando sua boa conduta cristã.

O próprio Timóteo não precisava se esforçar em construir sua imagem, ele apenas vivia o Evangelho de Cristo Jesus e o próprio Senhor se encarregava de transformar a sua vida para que, aqueles que estivessem ao seu redor, testemunhassem de sua conduta.

A pergunta que lhe faço nesta manhã é:

“Qual tem sido o seu testemunho no mundo”?

Será que você tem sido igual a Timóteo, um jovem cheio de energia e forças entregues ao Senhor Deus, um jovem que todos dão bom testemunho?

Ou será que você é mais um nas centenas de milhares de jovens que se enveredam pelo jargão falacioso de “aproveitar a vida, pois ela é muito curta”?

Qual é o seu testemunho diante da sociedade e diante de Deus? É um testemunho íntegro, de cristão ou um testemunho de um ímpio que caminha para uma eternidade longe do Senhor?

Reflita nisto, minha oração é que você se entregue inteiramente ao Senhor e deixe que Ele trabalhe em você a renovação pelo Espírito Santo.

Fique na paz de Cristo Jesus e que Deus lhe abençoe.