Devocional #131 (Salmo 119.140)

“A tua palavra é muito pura; portanto, o teu servo a ama.” (Salmo 119.140)

Por qual motivo ou porque amamos ou dizemos que amamos e seguimos o que está escrito nas Sagradas Escrituras? Por interesse? Para agradar a alguém?

O salmista nos apresenta o real motivo de amar e viver a lei do Senhor Deus:

“A tua palavra é muito pura”

Devemos amar a Palavra de Deus pelo que ela é, pelas promessas de salvação, de libertação e não por motivos pessoais. A Bíblia é o nosso único manual de conduta, de vida e de orientação. Se não a lermos jamais saberemos o que Deus tem a nos dizer.

Não devemos vê-la como uma obrigação a ser cumprida, a Bíblia não é uma lista to-do (lista de afazeres)!

O salmista declara seu amor pela Palavra de Deus simplesmente pelo fato dela ser pura e verdadeira, ele não está interessado se ele irá receber algo em troca da sua obediência, ou se alguém o reconhecerá pela sua fidelidade.

Devemos nos preocupar em buscar, meditar e viver a Palavra de Deus pelo que ela é, e não pelo que podemos alcançar ou angariar.

Que Deus vos abençoe neste dia, fique na Paz de Cristo Jesus.