Neles habitarei

“Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo” (2 Coríntios 6:16)

Ao escrever para a igreja de Corinto acerca do jugo desigual e da impossibilidade de existir comunhão entre o templo de Deus, que somos nós, e com os ídolos o Apóstolo Paulo relembra a promessa do Senhor de que Ele mesmo habitará em seu povo.

Na primeira parte do versículo que destacamos o Apóstolo Paulo escreve “E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos?”

Somos o templo do Senhor e Paulo nos alerta para o fato de que se Deus habita em nós então não devemos idolatrar nada nem ninguém.

O Senhor Deus deve estar acima de tudo em nossas vidas, Ele deve estar acima dos nossos próprios familiares, acima de nosso trabalho, acima de nossa faculdade, acima dos meus desejos, acima de absolutamente tudo.

Ele deve conduzir, guiar e nortear a minha vida e, como cristão, devo me submeter à Sua Soberana Vontade. Num primeiro momento pode parecer que Deus está nos limitando, nos prendendo a fim de manter-se como Senhor Soberano de nossas vidas.

Porém não se trata disto, pelo contrário, ao fazermos isto o próprio Deus nos promete “Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo”. Parte desta promessa se cumpre em nossos dias.

“Neles habitarei”, Deus habita dentro de todo homem e mulher que se arrepende de seus pecados e reconhece o Senhor Jesus como Salvador pessoal. No entanto, a segunda parte da promessa ainda está por vir, “… e entre eles andarei”.

Sim, Jesus nos disse que onde houvesse dois ou três reunidos ali Ele estaria, contudo, se lermos Apocalipse 21:3 veremos o cumprimento pleno desta promessa “Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus”.

Quão maravilhosa promessa não é esta: habitar com Deus eternamente?

Fique na Paz de Cristo e que Deus lhes abençoe.